Concurso SEDEST DF: Após falha candidatos pedem anulação de certame

Confusão e revolta marcaram a aplicação da prova do concurso público da Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal (Seds), antiga Sedestmidh, na manhã deste domingo (24/3).

O concurso estava marcado para as 8h, mas os candidatos que estavam na Universidade Paulista (Unip), na 913 Sul, só receberam as questões por volta das 9h.

A banca organizadora é o Instituto Brasil de Educação (Ibrae).

Revoltados, os candidatos ficaram nos corredores e pediram a suspensão do certame.

Nas imagens abaixo, é possível ver pessoas com as provas na mão discutindo as questões e tirando foto das páginas.

Os fiscais não passaram maiores informações sobre o problema. O Ibrae também não havia se manifestado até a última atualização desta reportagem. Nos corredores, a suspeita é de que um malote tenha sido extraviado do bloco I. Uma participante entrou em contato com a reportagem e disse que registrou ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

Às 10h, muitas pessoas desistiram e foram embora revoltadas, com as provas em mãos. Outros problemas citados foram a falta de detector de metais, de policiamento e falha na fiscalização. “Não tinha fiscal nos corredores nem mesmo no banheiro. O que é de praxe em todos os concursos. Foi uma bagunça generalizada”, disse o candidato Paulo Mesquita.

A Polícia Militar informou que foi chamada após a notícia do cancelamento da prova, mas não houve necessidade de ação policial. De acordo com a secretaria, o concurso tem 53.748 candidatos inscritos: 27.297 para ensino médio e 26.451 para nível superior. Há provas previstas para o período da tarde.

Nos vídeos abaixo é possível ver que os candidatos pediram para que as provas fossem canceladas:

DESORGANIZAÇÃO NOS LOCAIS DE PROVA

Em Taguatinga, os candidatos fizeram fila no local da prova. Segundo eles, o portão do prédio não abriu às 7h, conforme o previsto.

“A fila está dando a volta no quarteirão. Ninguém dá uma justificativa para nós”, disse um dos candidatos.

Na 913 Sul, no Plano Piloto, os candidatos esperaram nas salas. Segundo eles, não tinha detector de metal e uma hora e meia após o horário, a prova não havia iniciado.

Concurso SEDEST DF: Após falha candidatos pedem anulação de certame
Concurso SEDEST DF: Após falha candidatos pedem anulação de certame

Pessoas com deficiência visual também reclamam. Segundo o candidato Gustavo Júnior, todos os deficientes visuais foram colocados na mesma sala impossibilitando que pudessem receber o auxílio dos ledores.

Com informações metropoles.com| g1.globo.com

PROVAS DA MANHÃ SÃO ANULADAS

Segundo a banca organizadora, ibrae, as provas do período matituno foram anuladas em razão do atraso ocorrido na distribuição da prova na Universidade Paulista (UNIP) e do consequente tumulto causado por alguns candidatos, a direção do IBRAE decidiu anular a prova cuja aplicação teve início na manhã de hoje, às 8, para os cargos a seguir.

Em breve, será divulgada a data da próxima prova.

Veja abaixo o comunicado oficial:

PROVAS DA TARDE SUSPENSAS

E em razão do atraso ocorrido na distribuição da prova na Universidade Paulista (UNIP) e do consequente tumulto causado por alguns candidatos, a direção do IBRAE decidiu suspender a prova que seria aplicada na tarde de hoje, de 14h30min às 19h, para os cargos a seguir.

Em breve, será divulgada a data da próxima prova, que poderá ser aplicada no dia 7 de abril de 2019.

NÍVEL SUPERIOR
Cargo: Especialista em Assistência Social
Especialidades: Educador Social

NÍVEL MÉDIO
Cargo: Técnico em Assistência Social
Especialidade: Cuidador Social e Agente Social


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!