Publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, 1º de agosto de 2017, o extrato de contrato, o qual trata ta contratação do Cespe/Cebraspe como organizador do próximo concurso público do Superior Tribunal Militar (Concurso STM 2017) para provimento de cargos de analistas e técnicos judiciários da Justiça Militar da União.

Veja o extrato de contrato:

SUPERIOR TRIBUNAL MILITAR
SECRETARIA
DIRETOR – GERAL
SECRETARIA EXECUTIVA DO PLANO DE SAÚDE
DA JUSTIÇA MILITAR DA UNIÃOEXTRATO DE CONTRATO

ESPÉCIE: Processo no 146/2017 – SEI nº 008503/17-00.50 Contrato nº 21/2017, celebrado entre o Superior Tribunal Militar e o CENTRO BRASILEIRO DE PESQUISA EM AVALIAÇÃO E SELEÇÃO E DE PROMOÇÃO DE EVENTOS – CEBRASPE. OBJETO: Contratação de serviços de organização, planejamento, execução e acompanhamento de concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário. FUNDAMENTO LEGAL: Lei nº 8.666/1993, art. 24, inciso XIII. DATA DE ASSINATURA: 28/07/2017. ASSINAM: Eder Soares de Oliveira, Diretor-Geral, pelo Contratante, Maria Osmarina do Espírito Santo Oliveira, Diretora-Executiva e Ricardo Bastos Cunha, Diretor de Negociação e Gestão de Eventos, ambos pela Contratada

 

O Cespe/Cebraspe foi contratado com fundamento no artigo 24, inciso XIII, da Lei no 8.666/1993.

Serão preenchidos cargos de analistas e técnicos judiciários para o Superior Tribunal Militar, sediado em Brasília; e para as Auditorias, que são a Primeira Instância desta Justiça, sediadas em todo o país.

Inicialmente, há 28 cargos vagos  a serem destinados ao concurso, mas até a publicação do edital  o quantitativo de cargos vagos pode sofrer alterações em virtude de aposentadorias.

As vagas serão para provimento imediato e para cadastro reserva.

ÚLTIMO CONCURSO

O último concurso do Superior Tribunal Militar (STM) foi realizado em 2010 pelo Cespe/Cebraspe.

A seleção foi composta de provas objetivasprova discursiva, para os cargos de Analista e Técnico Judiciário e teste de aptidão física, somente para o cargo de Técnico Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Segurança.

As provas foram aplicadas nas cidades de Bagé/RS, Belém/PA, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Juiz de Fora/MG, Manaus/AM, Porto Alegre/RS, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, Santa Maria/RS e São Paulo/SP.

A remuneração para Analista Judiciário foi de R$ 6.611,39 e para Técnico Judiciário de R$ 4.052,96.

Comentários