O GDF publicou no Diário Oficial do DF a nomeação de 105 candidatos aprovados no concurso público da Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do Distrito Federal (SECRIANÇA-DF), organizado pela Fundação Universa.

Foram nomeados: 80 agentes, 10 técnicos e 15 especialistas socioeducativos.

SECRIANÇA-ATRSSECRIANÇA-ESPAM/TECSSECRIANÇA-ESPAF

DECRETO DE 11 DE JULHO DE 2017

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, incisos XXVI e XXVII, da Lei Orgânica do Distrito Federal, a Lei Complementar nº 840/2011 e, ainda o teor do Despacho nº 268/2017 – Secretaria Executiva do Comitê de Políticas de Pessoal – CPP/GOVERNANÇA/DF, objeto do Processo nº 0417.001.915/2016, resolve:

NOMEAR, os candidatos abaixo, em substituição das vacâncias ocorridas entre os exercícios 2015 a 2017, aprovados no concurso público a que se refere o Edital nº 1 – SECRIANÇA ATRS, de 25 de agosto de 2015, publicado no DODF nº 165, de 26 de agosto de 2015, Edital de Resultado Final nº 38 – SECRIANÇA-ATRS, de 22 de fevereiro de 2017, publicado no DODF nº 43, de 03 de março de 2017 e Edital nº 39 – SECRIANÇA-ATRS, de 16 de março de 2017, publicado no DODF nº 55, de 21 de março de 2017, para exercerem o cargo de Agente Socioeducativo, da Carreira Socioeducativa, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do Distrito Federal, conforme a seguir (nome e classificação):

AGENTE SOCIOEDUCATIVO: ANTONIO MARCOS DA COSTA MADUREIRA, 1º; LAURA GONCALVES DOS REIS, 2º; RAFAEL GONTIJO DE AQUINO, 3º; MARLUCIA PEREIRA DORNELAS DA COSTA, 4º; LIDIA FURTADO OLIVEIRA, 5º; MARIO SEIXAS SALES, 6º; LAIS DO PRADO COSTA, 7º; BARBARA ALVES VASCONCELOS, 8º; CAMILA SILVA GOMES, 9º; LUCAS MONTE AGUIAR DA CUNHA, 10º; JULIANA CORREA SANTOS LOPES, 11º; MARTIN ALVES KERRY PICANCO, 12º; ADRIANO LIVIO MARTINS, 13º; KALLEBE DE SOUZA RIBEIRO, 14º; NATALLIA RODRIGUES ARAUJO DA SILVA, 16º; RENATA MINORA DE MENEZES SOUZA, 17º; LORENA DE ANDRADE CASTRO, 18º; MONIQUE CAROLINA MARINHO SENA, 19º; RAIZA TEMPORIM DE ALENCAR, 20º; MATEUS BERNARDO DE ARAUJO SOUZA, 21º; CAROLINA SZEWINSK SOUSA, 22º; PAULA BARRETO CALGARO, 23º; ELISANGELA GOUVEA DA SILVA ISRAEL, 24º; HIOLANY COSTA NOGUEIRA, 25º; SAMIRA FERNANDES SOUSA, 26º; DANGELLO SOUZA SANTOS, 27º; THAIS MARINHO SENA, 28º; STEFANY CAMPOS DE ALMEIDA XAVIER, 29º; LARISSA FERREIRA SILVA BORGES, 30º; LISIANE AGUIAR SANTOS CARPANEDA, 31º; ALINE MARIA NATIVIDADE SILVA, 32º; MATEUS VERSIANI QUEIROZ, 33º; FABIANO GOMES COSTA, 34º; ANDREA MARIA PIRES AZEVEDO, 35º; LUCIANA SILVA DE ASSIS, 36º; HUGO DO AMARAL BRAGA, 37º; DEBORA MATTA SOUZA, 38º; FLAESIO DOURADO SALES, 39º; LOUISE SOARES EGITO, 41º; EMANUEL LEONARDO DE SOUSA LOBO FERREIRA, 42º; CLEIDISON FIGUEREDO DOS SANTOS, 43º; MARIA ANGELICA NASCIMENTO LUZ, 44º; JACQUELINE DA COSTA SILVA, 45º; ANDREZA PAULA RODRIGUES DE OLIVEIRA, 46º; AMANDA PASQUA DE CASTRO, 47º; DANIELLE DA SILVA BARROS, 48º; ERIKA NUNES CUNHA, 49º; HENRIQUE LIMA BARBOSA, 50º; MICHAEL DE SOUZA ZACARIAS, 51º; CRISTIANE DE SOUSA RODRIGUES E FREITAS, 52º; KENIA DE SOUZA RIBEIRO, 53º; GABRIELA MOREIRA PIRES, 54º; DAYANNE DE OLIVEIRA SANTOS AYUB, 55º; ISAIAS LEONARDO GUIMARAES DE SOUZA, 56º; ADRIANA DE LIMA MENDONCA LOPES, 57º; RAPHAEL JOSE VIEIRA ROCHA, 58º; IVO NATHAN DA COSTA SILVA, 59º; ROBERTA BORGES CAMARGO LIMA LAGO PEREIRA, 60º; ILMARA MARTINS VASCONCELOS, 61º; ANA PAULA MUSSULINI BUSSONS, 62º; ODAIR ALMEIDA PINTO DE OLIVEIRA, 63º; GISLEINE GONCALVES DE SOUZA MELO, 64º; KARINE LOPES RIBEIRO GONCALVES, 65º; MATHEUS DE COSTA FARAGE FONSECA, 66º; AMANDA APARECIDA FIDELIS RODRIGUES IRINEU, 67º; PAULO HENRIQUE COUTO FERREIRA, 68º; LIVIA BARQUETA OROZCO, 69º; LORENA DA SILVA FARIAS, 70º; JULIANA ANTUNES DE OLIVEIRA GOES, 71º; FERNANDA SOUSA TOLEDO, 72°.

Candidatos que se declararam com deficiência: FRANCISCO DAS CHAGAS SILVA MACHADO, 1º; PEDRO AUGUSTO FERREIRA BRAGA DE AQUINO, 2º; ALLANA BRIANCA SANTOS FIGUEIREDO, 3º; MARCOS AURELIO NEVES DO REGO SALES, 4º; JULYENNE MELANIE BARBOSA, 5º; ADJAYME DE FARIA MELO, 6º; SUELI ALMADA, 7º; GUILHERME DA SILVA CONFORTINI, 8º; CAMILLA LIMA DE SOUZA TYSKI TECHUK, 9º; TULIO ELIAS SOARES DOROTEU, 10º; RAQUEL POLICARPO BATISTA GOMES, 11º.

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, incisos XXVI e XXVII, da Lei Orgânica do Distrito Federal, a Lei Complementar nº 840/2011 e, ainda o teor do Despacho nº 268/2017 – Secretaria Executiva do Comitê de Políticas de Pessoal – CPP/GOVERNANÇA/DF, objeto do Processo nº 0417.001.915/2016, resolve:

NOMEAR, os candidatos abaixo, em substituição das vacâncias ocorridas entre os exercícios 2015 a 2017, aprovados no concurso público a que se refere o Edital nº 1 – SECRIANÇA ESPAM/TECS, de 25 de agosto de 2015, publicado no DODF nº 165, de 26 de agosto de 2015, e Edital nº 19 – SECRIANÇA-ESPAM/TECS, de 19 de setembro de 2016, publicado no DODF nº 179, de 21 de setembro de 2016, para exercerem o cargo de Técnico Socioeducativo, da Carreira Socioeducativa, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do Distrito Federal, conforme a seguir (área de atuação, nome e classificação):

TÉCNICO SOCIOEDUCATIVO – ÁREA: ADMINISTRATIVO: THIAGO MONTEIRO CRUZ, 1º; JULIANA BEZERRA DE OLIVEIRA, 2º; CLAUDIA MARIA CHAVES PACHECO, 3º; MARCELLA SAMELLA BORGES MUNIZ, 4º; LUCIANA SILVA DE ASSIS, 5º; MATHEUS CARNEIRO BRAZ AGUIAR, 6º; CAMILLA MURTA ITACARAMBY, 7º; MARCELO FONSECA SAMESHIMA, 8º.

Candidatos que se declararam com deficiência: THIAGO WAGNNER FREITAS DA COSTA, 1º; ANTONIO MARCOS LEAL FERREIRA, 2º

O GOVERNADOR DO DISTRITO FEDERAL, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 100, incisos XXVI e XXVII, da Lei Orgânica do Distrito Federal, a Lei Complementar nº 840/2011 e, ainda o teor do Despacho nº 268/2017 – Secretaria Executiva do Comitê de Políticas de Pessoal – CPP/GOVERNANÇA/DF, objeto do Processo nº 0417.001.915/2016, resolve:

NOMEAR, os candidatos abaixo, em substituição das vacâncias ocorridas entre os exercícios 2015 a 2017, aprovados no concurso público a que se refere o Edital n.º 1 – SECRIANÇA ESPAF, de 25 de agosto de 2015, publicado no DODF nº 165, de 26 de agosto de 2015, e Edital nº 33 – SECRIANÇA-ESPAF, de 22 de fevereiro de 2016, publicado no DODF nº 43, de 03 de março de 2017, para exercerem o cargo de Especialista Socioeducativo, da Carreira Socioeducativa, do Quadro de Pessoal da Secretaria de Estado de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude do Distrito Federal, conforme a seguir (área de atuação, nome e classificação):

ESPECIALISTA SOCIOEDUCATIVO – ÁREA: SERVIÇO SOCIAL: RAFAELA VENTURA GOMES, 1º; NATALIA PEREIRA DE QUEIROGA, 2º; MANUELA SOARES SILVEIRA, 3º; RAYANNE CRISTINA DA SILVA DA FONSECA, 4º.

Candidatos que se declararam com deficiência: ELAINE DALEXANDRA CAVALCANTE MENDES, 1º.

ESPECIALISTA SOCIOEDUCATIVO – ÁREA: PEDAGOGIA: MARQUENIA OLIVEIRA FRANCA, 1º; LARISSA GONCALVES BARBOSA, 2º; ALESSANDRA LUCENA BITTENCOURT, 3º; WESLANY GUIMARAES DOS SANTOS, 4º.

ESPECIALISTA SOCIOEDUCATIVO – ÁREA: PSICOLOGIA: LIVIA BARQUETA OROZCO, 1º; MARIANA ARRUDA DIPP, 2º; RAIRA CAVALCANTI GUIMARAES, 3º; LUARA BARRETO MACEDO, 4º; MARIA ANGELICA NASCIMENTO LUZ, 5º.

Candidatos que se declararam com deficiência: LUISA PEREIRA LARA, 1º.




Segundo o governador, essa nomeação foi possível devido a uma decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) que entendeu a carreira socioeducativa como parte da área de segurança.

“Estamos muito satisfeitos e convictos de que isso vai melhorar a qualidade do serviço prestado pelo sistema socioeducativo da Secretaria da Criança do Distrito Federal”, comemorou Rollemberg.

Com o parecer do tribunal, a convocação dos novos servidores da Secretaria de Políticas para Crianças enquadrou-se em exceções previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para contratar, como por vacância ou aposentadoria.

O governo de Brasília está impedido de fazer novas contratações por ainda não ter saído do limite prudencial da LRF. Além da segurança pública, as exceções são as áreas de saúde e educação.

A demanda por recursos humanos no sistema socioeducativo é maior do que o chamamento feito, reconhece o secretário de Políticas para Crianças, Aurélio Araújo, mas, ainda assim, ele celebrou o ato do governador. “Ficamos muito felizes, principalmente por, após mais de dois anos do lançamento do edital [de 2015], podermos dar posse aos servidores.”

Os convocados têm até 30 dias para serem empossados, a partir da publicação do ato no Diário Oficial do Distrito Federal, que saiu nesta terça-feira (11), em edição extra. Orientações sobre a documentação e os exames necessários estão no site da secretaria.

Como ficam os temporários do sistema socioeducativo?

De acordo com a Subsecretaria do Sistema Socioeducativo, os temporários do concurso de 2013 deixarão o governo aos poucos. O contrato deles, vencido desde 2015, era mantido por decisão judicial atrelada à nomeação de servidores efetivos.

“Os temporários devem aguardar o contato da Diretoria de Gestão de Pessoas da secretaria para deixarem os cargos”, orientou o subsecretário Paulo Távora. “Não serão todos desligados e, além do tempo legal para posse e exercício de cargo público, ainda teremos um período transitório para melhor adaptação de todos”, complementou.

Segundo Távora, os temporários advindos do concurso de 2014, que tiveram o contrato renovado em 2016, continuarão trabalhando normalmente.

Fonteseplag.df.gov.br

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui