Publicado o edital do concurso público de admissão ao Curso de Habilitação de OFICIAIS CAPELÃES (CHOC).

O concurso PMDF 2016 para Oficiais Capelães será executado pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) em conjunto com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

O concurso público constará de 7 etapas:

  • exame de habilidades e conhecimentos, mediante a aplicação de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do IADES;
  • exame de habilidades e conhecimentos, mediante a aplicação de prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, de responsabilidade do IADES;
  • testes de aptidão física, de caráter eliminatório, de responsabilidade do IADES;
  • exames biométricos e avaliação médica, de caráter eliminatório, de responsabilidade do IADES;
  • avaliação psicológica, de caráter eliminatório, de responsabilidade do IADES;
  • sindicância da vida pregressa e investigação social, de caráter eliminatório, de responsabilidade da PMDF; e
  • prova de títulos, de caráter classificatório, de responsabilidade do IADES.

As provas e etapas referentes ao concurso público serão aplicadas no Distrito Federal.

O concurso público destina-se a selecionar:

  • CAPELÃO SACERDOTE DA IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA: 1 (uma) vaga para provimento imediato e 1 (uma) vaga para formação de cadastro de reserva. As vagas serão somente para candidatos do sexo masculino.

EDITAISCARGOINSCRIÇÃOPROVAS

Cargo: Policial Militar no grau hierárquico de Aspirante-a-Oficial Policial Militar.

Remuneração: R$ 10.147,13 (dez mil, cento e quarenta e sete reais e treze centavos).

Requisitos:

  • Ser sacerdote da Igreja Católica Apostólica Romana há pelo menos 3 (três) anos, com comprovação por documento oficial da igreja;
  • Ter consentimento expresso da autoridade eclesiástica, a que estiver subordinado, para inscrever-se no concurso e para prestar assistência religiosa, espiritual e moral.

Regime Jurídico: O desempenho da atividade policial militar é de dedicação integral ao serviço policial militar, podendo o policial militar ser convocado, em qualquer dia e horário, conforme a necessidade do emprego pela PMDF, observados os dispositivos legais, visando o fiel cumprimento do § 5° do Art. 144 da Constituição Federal, bem como legislação correlata.

Descrição do cargo: prestar assistência religiosa e espiritual aos policiais militares, aos servidores civis e suas respectivas famílias, bem como atender a encargos relacionados com as atividades de educação moral e outras próprias do oficial policial militar, de acordo com a formação religiosa exigida e os parâmetros institucionais e estratégicos da PMDF.

Principais atividades a serem realizadas: ministração dos ofícios e sacramentos (missa, culto, batismo, ceia, casamento etc.) conforme o rito das religiões especificadas; palestras e cursos; palavras de reflexão em liberação de policiamento; visitação hospitalar, prisional e domiciliar; exéquias; aconselhamento, atividades administrativas e militares próprias do oficialato policial militar de acordo com o Estatuto da PMDF (Lei n° 7.289/84) e Lei n° 12.086/2009.

As inscrições deverão ser feitas exclusivamente via internet no endereço eletrônico <http://www.iades.com.br> no período entre 8 (oito) horas do dia 26 de dezembro de 2016 e 22 (vinte e duas) horas do dia 31 de janeiro de 2017.

O valor da taxa de inscrição será de R$ 92,00.

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 3 de fevereiro de 2017.

As provas objetivas e discursivas serão aplicadas na data provável de 11 de março de 2017, no turno da tarde e com a duração de 4 horas e 30 minutos.

Os locais, datas e horários de aplicação das provas objetiva e discursiva serão divulgados no endereço eletrônico http://www.iades.com.br, na data provável de 3 de março de 2017.

PROVA OBJETIVA

A prova objetiva será composta de 60 questões, de múltipla escolha, com 5 alternativas em cada questão, para escolha de 1 única resposta correta, e pontuação total variando entre o mínimo de 0,00 (zero) ponto e o máximo de 95,00 pontos, de acordo com os conteúdos programáticos definidos no Anexo I e o número de questões e os pesos definidos a seguir:

  • conhecimentos básicos: 25 (vinte e cinco) questões com peso 1 (um) para cada questão, sendo: 8 (oito) questões de Língua Portuguesa, 5 (cinco) questões de Língua Inglesa, 7 (sete) questões sobre Legislação Aplicável a Polícia Militar do Distrito Federal e 5 (cinco) questões de Direitos Humanos;
  • conhecimentos específicos: 35 (trinta e cinco) questões com peso 2 (dois) para cada questão.

Serão considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que acertarem o mínimo de 15 questões de conhecimentos básicos e 21 questões de conhecimentos específicos.

O candidato não poderá, sob pena de eliminação do certame, obter pontuação igual a 0 (zero) nas questões de Língua Portuguesa.

PROVA DISCURSIVA

A prova discursiva será aplicada no mesmo dia, turno e dentro dos prazos de duração previstos para a realização da prova objetiva.

A prova discursiva terá o objetivo de avaliar, com base nos conhecimentos constantes do conteúdo programático, a capacidade de expressão na modalidade escrita e o uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

A prova discursiva receberá pontuação máxima igual a 10,00 pontos.

concurso-PMDF-2016 O prazo de validade do concurso PMDF 2016 esgotar-se-á após 2 anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Durante o prazo de validade do concurso público, incluindo a sua prorrogação, se for o caso, surgindo novas vagas, poderão ser convocados candidatos remanescentes do cadastro de reserva, para matrícula no CHOC, condicionando-se para tanto, a prévia autorização da GOVERNANÇA-DF.

Para mais informação acesse: POLÍCIA MILITAR DO DISTRITO FEDERAL

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA UMA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui