As curtinhas da semana: 30/08

Muitos concursos abertos e previstos estão na mira dos concurseiros. Hoje nas curtinhas da semana: 30/08 teremos muitos informes sobre concursos de MT, MS, GO e um pacotão de notícias nacionais.

PM – MS: 524 vagas de nível médio

Saiu o edital do concurso para a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul (PM-MS), para o preenchimento de 524 vagas para ingresso no curso de formação de soldado. Do total de vagas existentes 419 são para o sexo masculino e 105 para o feminino. Os habilitados ao curso de formação irão receber bolsa de R$1.540,95. Após a conclusão do curso o subsídio para o cargo de soldado, classe inicial, será de R$2.354.

É necessário possuir, na data de encerramento da inscrição, idade mínima de 18 anos completos, e no máximo, 24 anos completos. Os interessados poderão efetuar as inscrições a partir desta quinta, 29, até o dia 10 de setembro no site da Secretaria de Estado de Administração do Mato Grosso do Sul. O concurso será composto por prova objetiva, realizada na data prevista de 13 de outubro, exame de aptidão mental, exame de saúde, antropométrico e clínico, exame de capacitação física, e investigação social. Todas as avaliações irão ocorrer nos municípios de Campo Grande, Dourados, Naviraí, e Três Lagoas, conforme a escolha no ato da inscrição. A validade do concurso será de dois anos, prorrogáveis por igual período. Inscrições: www.concurso.ms.gov.br

Bombeiro – MS: Inscrições começam dia 29

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBM-MS) lançou editais para a abertura de concursos para soldado e oficial. A primeira carreira dispõe de 150 vagas (135 para homens e 15 para mulheres), enquanto a segunda, de 20 (16 e 4). As inscrições começam neste dia 29. Para soldados, o salário é de R$1.540,95 durante o curso de formação, passando para R$2.354 após a conclusão. As vagas dessa função estão divididas entre nove municípios, sendo que a capital, Campo Grande, possui a maior parte, com 100. Já oficiais recebem R$3.303,33 durante a formação, chegando a R$4.294,34 no quarto ano como cadete.

Os interessados poderão se inscrever até as 17h de 10 de setembro. A taxa é de R$88,85. Para ambos os cargos, o concurso será formado por prova objetiva (1ª fase), exames de aptidão mental (2ª), de saúde, antropométrico e clínico (3ª), de capacitação física (4ª) e investigação social. A primeira, que contará com 80 questões, acontece no dia 13 de outubro. O concurso terá validade por dois anos, podendo chegar a quatro por meio de prorrogação. Inscrições: www.concurso.ms.gov.br

Politec – MT: 190 vagas com salário de R$7.661

A Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec-MT) abriu concurso para preenchimento de 190 vagas, além de formação de cadastro de reserva. Os atrativos da seleção são os altos salários, de R$7.661,87, e a estabilidade, pelo regime estatutário.

Somente para o cargo de perito oficial criminal, a oferta é de 106 vagas. Pode concorrer quem tiver formação nas áreas de Administração, Arquitetura, Biologia, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Direito, Economia, Engenharia Agronômica, Engenharia Civil, Engenharia da Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Engenharia Mecânica, Engenharia Sanitária, Farmácia, Física, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Geologia, Informática, Matemática e Química.

As curtinhas da semana: 30/08
As curtinhas da semana: 30/08

Também há 81 vagas para médico legista e três para oficial odonto legista. Para estas funções, é preciso nível superior em Medicina e Odontologia, respectivamente. As inscrições podem ser feitas de 2 até 29 de setembro, no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab), organizadora, com taxa de R$120.  A seleção será composta por três etapas: prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório;  avaliação psicológica; e investigação social, ambas de caráter eliminatório. A prova objetiva está prevista para o dia 20 de outubro e será composta por 100 questões divididas entre Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Gestão Pública e Legislação Básica, Noções de Informática e Raciocínio Lógico), Conhecimentos Gerais (Ética e Filosofia, História e Geografia de Mato Grosso e Atualidades) e Específicos.

DPF: 566 vagas para administrativos da PF

Foi divulgada a Portaria do Ministério do Planejamento que autoriza a realização de concurso público para o provimento de 566 cargos do Quadro de Pessoal do Departamento de Polícia Federal (DPF). O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições será de até seis meses, portanto, até 22 de novembro de 2013.O concurso ofertará 529 postos de nível superior, distribuídos entre os cargos de Engenheiro (11), Administrador (04), Psicólogo (03), Arquivista (02), Assistente Social (07) e Contador (05). Para o cargo de Agente Administrativo, serão 534 vagas. A Portaria, de nº 184/2013, pode ser consultada no Diário Oficial da União de 22 de maio de 2013, seção 2, página 58.

Ministério da Fazenda: 2 mil vagas

O Planejamento também analisa pedido de autorização para a abertura de novo concurso para o cargo (de nível médio, com remuneração inicial de R$2.927,82, incluindo o auxílio-alimentação, de R$373), com oferta de até 2 mil vagas. A convocação dos aprovados além do número de vagas é tida por membros da área de pessoal do Ministério da Fazenda como essencial para a abertura de uma nova seleção antes do término da vigência da atual, que expira em 20 de novembro deste ano, mas ainda pode ser prorrogada por um ano. Pelo menos quatro protocolos de solicitação registrados no Ministério do Planejamento tratam da convocação dos excedentes da seleção feita no ano passado, sendo que por meio de dois deles também é pedida a autorização do novo concurso para o cargo.

MAPA: 736 vagas para dezembro

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deve assinar o contrato com o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), que foi anunciado como organizador do concurso do órgão, na última segunda-feira, 26, por meio de dispensa de licitação. O prazo para a publicação do edital do concurso vai até 18 de setembro, de acordo com a portaria do Ministério do Planejamento que autorizou a seleção, que terá oferta de 736 vagas. As oportunidades abrangem cargos de todos os níveis de escolaridade e devem contemplar todos os estados. Do total, 422 são destinadas à reposição de pessoal. As outras 314 são reservadas à substituição de terceirizados. O cargo que deverá mobilizar um grande número de candidatos é o de auxiliar de laboratório. Isso porque o requisito é o nível fundamental e os rendimentos são de R$3.543,89. O Mapa contratará 70 profissionais para a carreira, que foi criada há três anos. Também será a primeira vez que se realiza concurso para o cargo de técnico de laboratório. Serão oferecidas 184 oportunidades. A exigência é o ensino médio, mais formação especializada na área. Os ganhos são de R$5.557,17.O órgão oferecerá também 100 vagas para agente de inspeção (médio), 50 para agente de atividades agropecuárias (técnico) e cinco para técnico de Contabilidade. Para o cargo de fiscal agropecuário serão oferecidas 172 oportunidades com remuneração é de R$11.531,69, e o requisito da carreira é possuir formação em Agronomia, Farmácia, Química, Veterinária ou Zootecnia. Contudo, a Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) afirma que não haverá vagas para farmacêuticos. Ainda de acordo com a Anffa Sindical, haverá 86 vagas para os agrônomos, 83 para os veterinários, duas para os químicos e uma para os zootécnicos.
A entidade ainda afirma que o Rio de Janeiro ficará com seis oportunidades; São Paulo, com 55; Rio Grande do Sul, com 24; e Paraná, com 22. Outros estados também receberão vagas. O Mapa não comentou sobre as informações dadas pela Anffa Sindical. No concurso, ainda haverá vagas para administrador (25), bibliotecário (duas), contador (seis), economista (quatro), engenheiro (três), geógrafo (três) e psicólogo (duas). A remuneração será de R$3.980,62.

PM – RJ: edital de soldado nos próximos dias

O contrato que oficializa a Exatus Concursos como organizadora do concurso para soldado da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PM-RJ) será assinado nos próximos dias. Após a assinatura do contrato será definido o cronograma do concurso, cujo edital, com as regras e o programa oficial. A PM vai oferecer 6 mil vagas, 600 delas para mulheres.  O salário inicial é de R$2.382,89 e pode ultrapassar R$5 mil, pois são pagas gratificações a quem faz curso de qualificação (R$350) e trabalha em Unidade de Polícia Pacificadora (R$750). De acordo com as normas, para ser soldado, além do nível médio, é preciso possuir carteira de habilitação. As inscrições serão realizadas no site da organizadora, em período a ser definido. Quem não tiver acesso à internet poderá utilizar os computadores disponíveis no Centro de Recrutamento e Seleção de Praças (CRSP), entre 9h e 17h. A taxa de inscrição será de R$100. O concurso constará de sete etapas, com a organizadora sendo responsável pelos exames intelectual (prova objetiva e redação), médico e psicológico. As demais fases – exames antropométrico, físico, toxicológico e investigação social e documental – ficarão a cargo da própria corporação.

PC – RJ: 850 vagas

A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro assinou com o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) para organiza os concursos para oficial de cartório e papiloscopista. A previsão de divulgação do edital para oficial em outubro, e para papiloscopista, entre o fim de outubro e início de novembro, conforme havia dito a diretora da Academia de Polícia (Acadepol), delegada Jéssica Almeida. A oferta será de 750 vagas para oficial e 100 para papiloscopista. Os ganhos atuais são de R$2.431,91 e R$4.027,78, respectivamente. O candidato deverá ter o nível superior em qualquer área e carteira de motorista do tipo “B”.

Professor – SP: edital em outubro

Quem deseja participar do concurso para 59 mil vagas de professores de Educação Básica II da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo já deve iniciar os estudos imediatamente. O órgão informou na última semana que as provas serão aplicadas em novembro. Desde o disa 15 de agosto a secretaria disponibiliza a bibliografia exigida para as provas. O documento ainda dispõe sobre as competências e habilidades necessárias para os profissionais da educação e também as referências de legislação que servirão de base para a realização dos concursos.  O salário-base atual dos educadores do 6º ao 9º ano, para a jornada de 30 horas semanais, é de R$1.693,38. Já no regime de dedicação integral, cuja jornada é de 40 horas, é de R$2.257,84. Nesse caso, há ainda uma gratificação inicial de R$1.693,38, somando R$3.951,22. A secretaria já deu início ao processo para a escolha da empresa organizadora. Assim que isso acontecer, serão definidos detalhes como cronograma e valor da taxa de inscrição, para que o documento seja finalizado.
O Decreto 59.447, de 19 de agosto de 2013 determina que os concursos para provimento dos quadros de magistério serão regionalizados, compostos por duas etapas consecutivas – as provas e a avaliação de títulos. A previsão é a nova seleção vise o preenchimento de vagas destinadas as disciplinas Português, Matemática, Biologia, Química, Física, História e Geografia.

Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!