Concurso TRE-TO 2017: Saiu o edital para nível médio e superior

PUBLICADO O EDITAL DO CONCURSO TRE-TO 2017

Publicado o edital de abertura do concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (Concurso TRE-TO 2017) para os cargos de Analista e Técnico Judiciário.

O concurso será organizado pelo Cespe/Cebraspe.

O concurso compreenderá as seguintes fases, para todos os cargos:

  • a) provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório;
  • b) prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório.

As provas objetivas, a prova discursiva, a verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas na cidade de Palmas/TO.

EDITAIS DO CONCURSO TRE-TO 2017

CARGOS DO CONCURSO TRE-TO 2017

Os candidatos nomeados estarão subordinados ao Regime Jurídico Único dos Servidores Civis da União, das Autarquias e das Fundações Públicas Federais (Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990, e suas alterações).

NÍVEL SUPERIOR

CARGO 1: ANALISTA JUDICIÁRIO –ÁREA: JUDICIÁRIA
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: executar atividades privativas de bacharel em Direito, relacionadas com processamento de feitos e apoio a julgamentos.
REMUNERAÇÃO: R$ 10.461,90.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 2: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: executar atividades de nível superior, relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, administração de recursos materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, de controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e de suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.
REMUNERAÇÃO: R$ 10.461,90.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 3: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA – ESPECIALIDADE: CONTABILIDADE
REQUISITOS: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Ciências Contábeis, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC e registro no órgão de classe específico.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: executar atividades de planejamento, execução, controle e avaliação de operações contábeis relacionadas com programação e execução financeira; programação, alteração e ajustes orçamentários e fechamento de contas e encerramento do exercício, de acordo com a área de atuação; executar análise contábil das contas anuais do Tribunal e da prestação de contas dos partidos políticos; executar atividades de auditoria contábil; elaborar pareceres técnicos, relatórios e outros documentos e informações de demonstração contábil; executar atividades relacionadas com o planejamento operacional, a execução e o monitoramento de projetos, programas e planos de ação; acompanhar e analisar sistematicamente a legislação relacionada com a sua área de atuação; acompanhar as matérias sob sua responsabilidade; propor alternativas e promover ações para o alcance dos objetivos da organização; executar as suas atividades de forma integrada com as das demais unidades da Secretaria do Tribunal, contribuindo para o desenvolvimento das equipes de trabalho; promover o atendimento aos clientes internos e externos; operar os equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados, na execução de suas atividades; executar qualquer outra atividade que, por sua natureza, esteja inserida no âmbito de suas atribuições.
REMUNERAÇÃO: R$ 10.461,90.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

NÍVEL MÉDIO

CARGO 4: TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA
REQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: executar atividades de nível médio relacionadas com as funções de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros, controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.
REMUNERAÇÃO: R$ 6.376,41.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 5: TÉCNICO JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: PROGRAMAÇÃO DE SISTEMAS
REQUISITOS: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou curso técnico equivalente, em conjunto com curso(s) de programação de sistemas, com carga horária total de, no mínimo, 120 horas-aula, admitida a soma da carga horária de cursos para cumprimento dessa exigência, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente, sendo também aceitas horas-aula das disciplinas de programação, banco de dados e engenharia de software, em curso técnico ou superior na área de Tecnologia da Informação, cursadas em instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.
DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ATIVIDADES: executar atividades de nível médio relacionadas com a programação de sistemas informatizados.
REMUNERAÇÃO: R$ 6.376,41.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

VAGAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

Cargo/Área/EspecialidadeVagas para ampla concorrênciaVagas reservadas para candidatos com deficiênciaVagas reservadas para candidatos negrosTotal de vagas
Cargo 1: Analista Judiciário – Área: Judiciária2*13
Cargo 2: Analista Judiciário – Área: AdministrativaCR***CR
Cargo 3: Analista Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Contabilidade2***2
Cargo 4: Técnico Judiciário – Área: Administrativa2*13
Cargo 5: Técnico Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Programação de Sistemas2***2

(*) Não há reserva de vagas para provimento imediato aos candidatos com deficiência em razão do quantitativo oferecido, sendo mantido o cadastro de reserva.
(**) Não há reserva de vagas para provimento imediato aos candidatos negros em razão do quantitativo oferecido, sendo mantido o cadastro de reserva.

Concurso TRE-TO 2017: Saiu o edital para nível médio e superior
Concurso TRE-TO 2017: Saiu o edital para nível médio e superior

INSCRIÇÕES PARA O CONCURSO TRE-TO 2017

Será admitida a inscrição somente via internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/tre_to_17, solicitada no período entre 10 horas do dia 4 de setembro de 2017 e 18 horas do dia 2 de outubro de 2017, observado o horário oficial de Brasília/DF.

Valores da taxa de inscrição:

  • a) Analista Judiciário: R$ 95,00
  • b) Técnico Judiciário: R$ 75,00

O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetuado até o dia 30 de outubro de 2017.

PROVAS PARA O CONCURSO TRE-TO 2017

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de dezembro de 2017, no turno da manhã.

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível médio terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas na data provável de 3 de dezembro de 2017, no turno da tarde.

Na data provável de 23 de novembro de 2017, será divulgado o edital que informará a disponibilização da consulta aos locais e aos horários de realização das provas.

O prazo de validade do concurso esgotar-se-á após dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!