Concurso SESDF: GDF autoriza nomeação de 723 novos servidores

A Secretaria de Saúde do DF (SESDF) está autorizada a nomear 723 profissionais aprovados em concurso público. Eles vão ocupar vagas abertas por aposentadorias e possibilitarão a reabertura de 65 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI).

O Estratégia Saúde da Família, modelo de atuação primária, também será reforçado. O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira, 2 de maio, pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, no Palácio do Buriti.

Em entrevista coletiva, ele disse que a Saúde foi a pasta que mais recebeu novos profissionais nesta gestão. “Com essas nomeações, que devem estar no Diário Oficial do DF até sexta-feira (5), são 4.920 neste governo, mesmo com as dificuldades financeiras. Como nem todos tomam posse, são cerca de 4 mil contratados em definitivo.”

QUAIS SERÃO OS NOVOS PROFISSIONAIS DA SECRETARIA DE SAÚDE

As nomeações incluem 468 técnicos – 220 de enfermagem, 148 em higiene dental, 85 administrativos, oito em radiologia e sete em laboratório (patologia clínica) – e 103 médicos, dos quais 53 vão atuar no Saúde da Família.

O restante é composto por 36 enfermeiros, 30 auxiliares de operações de serviços diversos em farmácia e anatomia patológica e 20 cirurgiões-dentistas. Os outros 66 profissionais se dividem em assistentes sociais, biomédicos, farmacêuticos-bioquímicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos.




CONTRATAÇÕES DE ACORDO COM A LEI

Apesar de estar impedido de fazer novas contratações por estar acima do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o governo de Brasília atuou de acordo com a legislação para contratar esses profissionais.

O inciso IV do artigo 22 da LRF põe como exceção o provimento de vagas nas áreas de educação, saúde e segurança em casos de morte ou de aposentadoria.

A medida acarreta aumento de gastos. “O impacto para 2017 é de R$ 32 milhões e para 2018, de R$ 69 milhões. Isso demonstra a prioridade que o governo tem dado para a área”, avaliou o secretário de Saúde, Humberto Fonseca.

SOLIDARIEDADE ÀS FAMÍLIAS DAS VÍTIMAS DO ACIDENTE NA L4

No início da entrevista, Rollemberg manifestou solidariedade do governo de Brasília às vítimas do acidente de trânsito na L4 no domingo (30).

Segundo o governador, foi determinado ao Departamento de Trânsito (Detran-DF) que intensifique a fiscalização, especialmente em fins de semana. “É uma responsabilidade de todos. Brasília é uma cidade que se tornou símbolo do respeito à faixa de pedestre e não podemos, de forma alguma, perder essa condição.”

Ele ainda ressaltou que houve diminuição de 44 para 14 mortes em acidentes de trânsito na comparação de abril de 2016 com abril de 2017.

NOVAS CONTRATAÇÕES

Tipo de profissionalQuantidade
Auxiliares de operações de serviços diversos30
Auxiliares de operações de serviços diversos – farmácia22
Auxiliares de operações de serviços diversos – anatomia patológica8
Técnicos468
Em higiene dental148
De enfermagem220
Administrativo85
Em radiologia8
De laboratório – patologia clínica7
Médicos103
Anatomia patológica1
Clínica médica6
Endocrinologia3
Infectologia5
Ginecologia e obstetrícia10
Mastologia2
Nefrologia3
Neurologia4
Neurologia pediátrica2
Oftalmologia3
Ortopedia5
Psiquiatria5
Radiologia4
Saúde da Família50
Outros profissionais122
Assistente Social3
Biomédico7
Cirurgião-dentista20
Enfermeiro do trabalho6
Enfermeiro30
Farmacêutico-bioquímico (laboratório)8
Fisioterapeuta18
Nutricionista3
Psicólogo27

Concurso SESDF: GDF autoriza nomeação de 723 novos servidores
CONCURSO-SESDF-2017 Enfermeiro

Leia o pronunciamento do governador Rodrigo Rollemberg durante o anúncio da autorização para nomear servidores da Saúde

Quero cumprimentar todos os trabalhadores e trabalhadoras da imprensa pelo dia de ontem e todos os servidores públicos e trabalhadores aqui presentes.

Em primeiro lugar, quero manifestar nossa profunda indignação com os acidentes de trânsito ocorridos no fim de semana. Manifestar nossa solidariedade às famílias e dizer que nós determinamos ao Detran (Departamento de Trânsito) que intensifique a fiscalização, as blitze, especialmente nos fins de semana, buscando combater cada vez mais a conjugação do uso de álcool com direção.

É importante registrar que essa é uma responsabilidade de todos. São as vidas que estão em nossas mãos, cada cidadão é responsável por isso. Brasília é uma cidade que se tornou referência nacional pelo respeito à faixa de pedestre, e nós, de forma alguma, podemos perder essa condição.

Neste mês, fruto do esforço que estamos fazendo de fiscalização, nós tivemos uma redução significativa do número de mortos. Tivemos 44 mortos em abril do ano passado e 14 em abril deste ano. Mas ainda são 14 mortes, e é muita coisa, especialmente sendo mortes que poderiam ter sido evitadas. Mortes que aconteceram em função da irresponsabilidade de alguns.

Portanto, conclamo a população de Brasília a se unir, todos nós, assumindo as nossas responsabilidades enquanto governo, enquanto cidadãos, para que Brasília volte a ser o exemplo no que se refere a urbanidade, a civilidade no trânsito. E quero me solidarizar com as famílias, famílias de servidores do governo de Brasília (Secretaria de Planejamento) que tiveram perdas irreparáveis neste fim de semana. Recebam todos a nossa solidariedade.

Nós estamos aqui para anunciar a contratação de 723 novos servidores para a saúde do Distrito Federal. Elas já foram aprovadas pela Governança e, até sexta-feira, devem ser publicadas no Diário Oficial. É importante registrar que estamos cumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), porque essas nomeações são a substituição de aposentadorias e fins de contratos temporários na saúde, e a LRF excepciona as contratações na Educação, na Saúde e na Segurança nesses casos.

Essas contratações de 468 técnicos, 20 dentistas, 36 enfermeiros, 103 médicos e 27 psicólogos permitirão melhorar muito a saúde, especialmente em algumas modalidades que passo a ressaltar. A contratação desse conjunto de técnicos e enfermeiros vai nos permitir a abertura de 65 leitos de UTI – isso é muito importante, nós temos uma demanda muito grande por leitos de unidade de terapia intensiva e, a partir dessas contratações, nós poderemos abrir 65 leitos para adultos, crianças, leitos neonatal, ampliando a nossa capacidade de atendimento nas UTIS.

Também contrataremos 20 cirurgiões-dentistas, 36 enfermeiros, como disse, e dos 103 médicos, 53 médicos de família, o que vai ser mais um passo importante para atingir a nossa meta de 80% de cobertura da Estratégia Saúde da Família até o fim de 2018. Com esses 53, já são 84 médicos de família contratados recentemente para fortalecer as equipes de saúde da família, desafogando os hospitais.

Gostaria de ressaltar também a contratação de 27 psicólogos, o que vai melhorar a qualidade do nosso atendimento de saúde mental. Esse é um grande desafio para o DF, e a contratação vem contribuir para fortalecer o atendimento à saúde mental.

Já são 4.920 nomeações na saúde realizadas em nosso governo. Um pouco mais de 20% não tomaram posse, portanto nós temos de contratação efetiva algo próximo a 4 mil servidores, entre médicos, enfermeiros, técnicos, psicólogos, biomédicos, enfim, um conjunto muito grande de especialidades na Saúde.

Esperamos que, com as nomeações, com a ampliação da Estratégia Saúde da Família, com a aprovação pela CLDF (Câmara Legislativa do Distrito Federal) do Instituto Hospital de Base, nós possamos melhorar o atendimento à população de Brasília.

Fonteagenciabrasilia.df.gov.br

Fonte: agenciabrasilia.df.gov.br

Para mais informação acesse: SECRETARIA DE ESTADO DE SAÚDE DO DISTRITO FEDERAL


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!