Concurso SEFAZ DF: Cespe/Cebraspe definida como organizadora

Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal (Concurso SEFAZ DF) definiu o Cespe/Cebraspe como banca organizadora do seu próximo concurso.

O resultado do pregão foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (20/11). Veja abaixo:

SUBSECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO GERAL
DIRETORIA DE SUPRIMENTOS E LICITAÇÕES

RESULTADO DE JULGAMENTO DE RECURSO E JULGAMENTO FINAL
PREGÃO ELETRÔNICO Nº 22/2018

O Pregoeiro substituto comunica aos interessados que foi decidido pela improcedência do recurso interposto pela empresa Incp-Instituto Nacional de Concurso Público, CNPJ n.º 04.647.563/0001-27. Comunica ainda o resultado final de julgamento do pregão supracitado, informando que a empresa Cebraspe-Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, CNPJ n.º 18.284.407/0001-53 sagrou-se vencedora do item 1 com o valor de R$ 55,00 por inscrição, perfazendo o total global da proposta de R$ 688.875,00. Mais informações no site: http://www.comprasgovernamentais.gov.br – UASG: 974002. Processo SEI nº: 00040.00051537/2017-45-SEF/DF.

Brasília/DF, 19 de novembro de 2018.
FÁBIO PAIXÃO DE AZEVEDO

 

O auditor fiscal tem papel extremamente relevante para o Estado. É ele quem cuida do lançamento de tributos, da arrecadação, da fiscalização e do julgamento de processos administrativos fiscais”, explica o secretário de Fazenda, Wilson José de Paula.

De acordo com a secretaria, o próximo passo é a assinatura do contrato com a empresa vencedora do certame — prevista para ocorrer nos próximos 15 dias. O valor global da proposta é de R$ 688.875.

O valor cobrado pela inscrição será R$ 55. Segundo a pasta, para o concurso estão previstas 120 vagas, sendo 40 para contratação imediata e 80 para cadastro reserva.

11 BANCAS NA DISPUTA

Onze bancas organizadoras estão na disputa para organizar o próximo concurso público da Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal (Concurso SEFAZ DF). Entre as bancas, estão Cebraspe, Inaz e Iades.

A previsão é que o edital do certame seja publicado no início de 2019.

Serão ofertadas 120 vagas, sendo 40 imediatas e 80 para formação de cadastro de reserva ao cargo de auditor fiscal.

A seleção terá três etapas: prova objetiva (80 questões de conhecimentos gerais e 80 de conhecimentos específicos), prova discursiva e avaliação de vida pregressa. A remuneração inicial é de R$ 14.970,00 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

As oportunidades são para quem tem diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação ou habilitação legal equivalente, fornecida por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

As matérias cobradas serão: língua portuguesa; matemática financeira; estatística; raciocínio lógico; direito constitucional; direito administrativo; direito empresarial, penal, civil; tecnologia da informação; contabilidade pública; economia; e finanças públicas. Além dos conhecimentos específicos de direito tributário; legislação tributária; auditoria fiscal; contabilidade geral e de custos; e direito financeiro.

EDITAL É PRORROGADO POR 180 DIAS

Uma resolução publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) adia por 180 dias a publicação do Edital da próxima seleção da Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal (Concurso SEFAZ DF). Decisão foi tomada na 32ª Reunião do Comitê de Políticas de Pessoal, realizada no dia 28 de setembro de 2018.

O pregão eletrônico que irá definir a banca organizadora do certame de Auditor Fiscal da Receita do DF, foi iniciado no dia 26 de setembro e deve acabar no dia 10 de outubro. O projeto básico com os detalhes da seleção, como a estrutura das provas, já foi disponibilizado às empresas interessadas em participar da disputa. Ao final do pregão, será escolhida a organizadora que cumprir todos os requisitos exigidos.

A seleção, que vai oferecer 40 vagas para o cargo de auditor fiscal, terá três etapas: prova objetiva (80 questões de conhecimentos gerais e 80 de conhecimentos específicos), prova discursiva e avaliação de vida pregressa. A remuneração inicial é R$ 14 mil.

As matérias cobradas serão: Língua Portuguesa, Matemática Financeira, Estatística, Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Empresarial, Penal, Civil, Tecnologia da Informação, Contabilidade Pública, Economia e Finanças Públicas. Além dos conhecimentos específicos de Direito Tributário, Legislação Tributária, Auditoria Fiscal, Contabilidade Geral e de Custos e Direito Financeiro.

O projeto básico também dá uma previsão do cronograma de atividades do concurso, sendo:

  • Publicação do edital 30 dias após a assinatura do contrato
  • Provas objetivas 120 dias após o contrato
  • Resultado final das provas objetivas e convocação dos candidatos para prova discursiva será 20 dias após as avaliações objetivas
  • Provas discursivas 10 dias após a convocação
  • O resultado final do concurso e sua homologação será 30 dias após as provas discursivas

ROLLEMBERG ANUNCIA 120 VAGAS PARA O CONCURSO SEFAZ DF

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, anunciou nesta segunda-feira, 02/04, a realização do Concurso Sefaz DF – concurso público da Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal.

Serão ofertadas 120 vagas, sendo 40 imediatas e 80 para formação de cadastro de reserva para o cargo de Auditor Tributário.

O governador do DF, Rodrigo Rollemberg, anunciou a realização do concurso na sua página no Facebook, veja abaixo:


O cargo de Auditor Tributário da SEFAZ DF exige nível superior em qualquer área de formação, e tem remuneração inicial de R$ 14.970.

Concurso SEFAZ DF: Cespe/Cebraspe definida como organizadora
Concurso SEFAZ DF: Cespe/Cebraspe definida como organizadora

A expectativa é que o edital seja publicado ainda em 2018. Agora, cabe à Seplag contratar empresa para prestação de serviços destinados à realização do certame.

COMISSÃO DO CONCURSO SEFAZ DF

A Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal publicou no Diário Oficial do DF (DODF)’ de 17/01/2018 a Portaria nº 16, a qual cria o Grupo de Trabalho com o objetivo de elaborar Termo de Referência para contratação de serviços de organização, planejamento e realização de concurso público, com a elaboração, impressão e aplicação de provas, para o provimento de cargos efetivos, de nível superior, de Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal da Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal, consoante as condições que vierem a ser estabelecidas no Termo de Referência.

Veja abaixo:

PORTARIA Nº 16, DE 16 DE JANEIRO DE 2018

O SECRETÁRIO DE ESTADO DE FAZENDA DO DISTRITO FEDERAL, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no artigo 2º, da Lei nº 4.949, de 15 de novembro de 2012, RESOLVE:
Art. 1º Fica instituído Grupo de Trabalho com o objetivo de elaborar Termo de Referência para contratação de serviços de organização, planejamento e realização de concurso público, com a elaboração, impressão e aplicação de provas, para o provimento de cargos efetivos, de nível superior, de Auditor Fiscal da Receita do Distrito Federal da Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal, consoante as condições que vierem a ser estabelecidas no Termo de Referência.
Art. 2º O Grupo de Trabalho será composto pelos seguintes servidores:
I – KELLY DE ALMEIDA RUAS, matrícula nº 266.005-9, lotada no NUCAD/DIGEP/SUAG/SEF-DF;
II -VANESSA SOUSA DE OLIVEIRA, matrícula nº 174.415-1, lotada no NUCAD/DIG EP/SUAG/SEF-DF.
§ 1º A supervisão dos trabalhos do grupo será exercida pela servidora MÁRCIA WANZOFF ROBALINHO CAVALCANTI, Secretária-Adjunta da SEF-DF.
Art. 3º O Grupo de Trabalho poderá solicitar, no escopo das atribuições que lhe foram
delegadas, auxílio e suporte dos demais setores da SEF-DF.
Art. 4º O prazo para conclusão dos trabalhos é em 15/2/2018.
Art. 5º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

WILSON JOSÉ DE PAULA

 

Em novembro de 2017 Secretaria do Estado da Fazenda do Distrito Federal (Concurso SEFAZ DF) recebeu a competência da Secretaria de Planejamento do DF para realizar novo concurso público para a Carreira de Auditoria Tributária do Distrito Federal por meio da publicação feita em 1º de novembro de 2017, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O certame já conta com previsão orçamentária e deve sair até o junho deste ano.

Os preparativos para o concurso haviam sido anunciados em 2014, quando o governador da época autorizou o certame para um total de 100 vagas e formação de cadastro de reserva.

O cargo de Auditor da SEFAZ DF exige dos candidatos nível superior em qualquer área de formação, pagando remuneração inicial para a carreira de R$ 14.970, mas ao passar dos anos (15 a 16) é possível ganhar até R$ 22.196,62.

Veja a publicação da portaria:

PORTARIA Nº 546, DE 30 DE OUTUBRO DE 2017

A SECRETÁRIA DE ESTADO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO DO DISTRITO FEDERAL, no uso de suas atribuições legais, e considerando o disposto no artigo 2º, da Lei nº 4.949, de 15 de novembro de 2012, RESOLVE:
Art. 1º Delegar competência à Secretaria de Estado de Fazenda do Distrito Federal-SEF, para contratar a prestação de serviços destinada à realização de Concurso Público para o provimento de 40 (quarenta) vagas e cadastro reserva de duas vezes o número de vagas para a Carreira Auditoria Tributária do Distrito Federal, em consonância com a autorização do Comitê de Políticas de Pessoal – CPP/GOVERNANÇA/DF, objeto do Processo SEI nº 0004000051537-2017-45.
Art. 2º Caberá à SEF a observância do disposto na Lei nº 4.949, de 15 de outubro de 2012, quanto ao repasse ao Fundo de Melhoria da Gestão Pública – PRÓ-GESTÃO, Lei nº. 2.958, de 26 de abril de 2002, bem como, o disposto na Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, quando da execução dos atos relacionados à contratação da prestação de serviços.
Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

LEANY BARREIRO DE SOUSA LEMOS

ÚLTIMO CONCURSO SEFAZ DF

O último concurso SEFAZ DF foi realizado há 16 anos, em 2001, e organizado pela Fundação Carlos Chagas.

O concurso SEFAZ DF ofereceu 200 vagas para Fiscal da Receita da Carreira Auditoria Tributária do Distrito Federal. Na ocasião a remuneração inicial era de R$ 3.553,07.

Os assuntos abordados foram: língua portuguesa, matemática, contabilidade, noções de direito e informática, direito tributário e legislação tributária do Distrito Federal.

O requisito mais importante para a vaga é possuir diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior.

PROVA DO ÚLTIMO CONCURSO SEFAZ DF

Os candidatos precisaram realizar prova objetiva, e na área de conhecimentos gerais foi cobrado: português; matemática; contabilidade comercial; contabilidade pública; noções de direito constitucional; noções de direito administrativo; noções de direito comercial; noções de direito penal; e noções de informática

Em conhecimentos específicos foi necessário estudar para: direito tributário e legislação tributária do Distrito Federal.

CRITÉRIOS PARA APROVAÇÃO NO CONCURSO SEFAZ DF

Foram considerados aprovados na prova objetiva os candidatos que obtiveram nota igual ou superior a 60, separadamente, em conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

Com informações da Agência Brasília.


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!