Concurso MPU 2018: Cespe divulga Resultado Provisório da verificação de cotistas

CONCURSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO (MPU)

O Cespe/Cebraspe divulgou o resultados provisórios na avaliação biopsicossocial dos candidatos que se declararam pessoas com deficiência, no procedimento de verificação da condição declarada para concorrer à  vagas reservadas aos candidatos negros e na análise da documentação entregue para o desempate de notas referentes ao 10º  concurso público para o provimento de vagas e a formação de cadastro de reserva nos cargos de Analista e de Técnico do Ministério Público da União (Concurso MPU).

O edital de resultado final na avaliação biopsicossocial dos candidatos que se declararam pessoas com deficiência, no procedimento de verificação da condição declarada para concorrer à vagas reservadas aos candidatos negros, na análise da documentação para desempate de notas, bem como no concurso público será publicado no Diário Oficial da União e divulgado na data provável de 14 de dezembro de 2018.

RESULTADOS PROVISÓRIOS

 RECURSOS CONTRA O RESULTADO PROVISÓRIO NA AVALIAÇÃO BIOPSICOSSOCIAL DOS CANDIDATOS QUE SE DECLARARAM COM DEFICIÊNCIA

O candidato poderá das 9 horas do dia 5 de dezembro de 2018 às 18 horas do dia 6 de dezembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF), no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu_18, visualizar o parecer médico de avaliação biopsicossocial; interpor recurso contra o resultado provisório na avaliação biopsicossocial por meio do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso e, se for o caso, enviar, anexa ao recurso, imagens dos documentos que julgar necessários para reforçar os argumentos apresentados.

Após esse período, não serão aceitos pedidos de revisão.

A avaliação biopsicossocial analisa a qualificação do candidato como deficiente, nos termos do Decreto nº 3.298/1999, e suas alterações e da Súmula nº 377 do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

RECURSOS CONTRA O RESULTADO PROVISÓRIO NO PROCEDIMENTO ADMINISTRATIVO DE VERIFICAÇÃO DA CONDIÇÃO DECLARADA PARA CONCORRER ÀS VAGAS RESERVADAS AOS CANDIDATOS NEGROS

Os candidatos que não foram considerados negros no procedimento administrativo de verificação da condição declarada poderão ter acesso aos motivos de indeferimento da sua solicitação, bem como interpor recurso contra o indeferimento, das 9 horas do dia 5 de dezembro de 2018 às 18 horas do dia 6 de dezembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF), no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu_18.

RECURSOS CONTRA O RESULTADO PROVISÓRIO NA ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO REFERENTE AO DESEMPATE DE NOTAS

Os candidatos poderão interpor recurso contra o resultado provisório na análise da documentação para o desempate de notas, 9 horas do dia 5 de dezembro de 2018 às 18 horas do dia 6 de dezembro de 2018 (horário oficial de Brasília/DF), no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/mpu_18, por meio do Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso.

Após esse período, não serão aceitos pedidos de revisão.

NÚMERO DE INSCRITOS

O 10º Concurso Público para provimento de vagas existentes e formação de cadastro de reserva para os cargos de Analista do MPU/Direito e Técnico do MPU/Administração, organizado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos – Cebraspe registrou um total de 264.924 candidatos inscritos.

Veja a Demanda de candidato por vaga.

O destaque foi o cargo de técnico de administração, que exigiu apenas o ensino médio completo, foram contabilizados 191.045 candidatos para as 11 vagas imediatas.

Isso representa uma concorrência de 17.367 (aproximadamente) candidatos por vaga.

A carreira de analista em direito, que teve como pré-requisito nível superior na área, contou com 73.879 candidatos inscritos, concorrendo às 36 vagas imediatas. Nesse caso, a concorrência chega a 2.052 candidatos por vaga.

Dentre as regiões contempladas no concurso MPU, o Distrito Federal foi a que obteve o maior número de inscritos: 133.508.

Ou seja, somente o Distrito Federal corresponde a mais de 50% de todos os inscritos nesse concurso do MPU 2018.

Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoAM2983
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoAP943
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoBA5158
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoDF31367
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoES1796
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoGO1949
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoMS2077
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoMT3165
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoPA5434
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoRJ5395
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoRO2103
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoRS7615
Cargo 1: Analista do MPU – Especialidade: DireitoSC3894
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoAC8211
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoAP7425
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoDF102141
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoMG25491
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoRJ21778
Cargo 2: Técnico do MPU – Especialidade: AdministraçãoRS25999

CARGOS

CARGO 1: ANALISTA DO MPU – ESPECIALIDADE: DIREITO

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

REMUNERAÇÃO: R$ 11.259, 81.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais.

CARGO 2: TÉCNICO DO MPU – ESPECIALIDADE: ADMINISTRAÇÃO

REQUISITO: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo órgão competente.

REMUNERAÇÃO: R$ 6.862,72.
JORNADA DE TRABALHO: 40 horas semanais

DAS VAGAS E DA LOTAÇÃO

vagas concurso mpu 2018 - Concurso MPU 2018: Cespe divulga Resultado Provisório da verificação de cotistas

REAJUSTES SALARIAIS

Há também reajustes salariais programados. Até 2019, os ganhos do técnico administrativo chegam a R$ 8.475,37, os do técnico de segurança a R$ 9.582,44, e os do analista a R$ 13.339,30.

Concurso MPU 2018: Cespe divulga Resultado Provisório da verificação de cotistas
Concurso MPU

Técnico administrativo:

  • Junho de 2017 – R$7.260, 41
  • Novembro de 2017 – R$7.592,53
  • Junho de 2018 – R$7.746,73
  • Novembro de 2018 – R$7.964,21
  • Janeiro de 2019 – R$8.475,37

Técnico em segurança institucional e transporte:

  • Junho de 2017 – R$8.308,17
  • Novembro de 2017 – R$8.650,18
  • Junho de 2018 – R$8.814,26
  • Novembro de 2018 – R$9.041,62
  • Janeiro de 2019 – R$9.582,44

Analista em Direito

  • Junho de 2017 – R$11.345,90
  • Novembro de 2017 – R$11.890,83
  • Junho de 2018 – R$12.143,81
  • Novembro de 2018 – R$12.500,61
  • Janeiro de 2019 – R$13.339,30

PROMOÇÕES ANUAIS

Os servidores poderão chegar ao ápice da carreira, seja ela de técnico ou analista, em 13 anos, com os respectivos reajustes.

Isso porque há, anualmente, avaliações de desempenho que decidem a promoção do servidor.

No ápice da carreira de técnico, a remuneração chega a mais de R$9 mil e a do analista supera R$15 mil, valores que definirão a aposentadoria dos servidores do MPU.

ÚLTIMO CONCURSO MPU

E para você que ainda não iniciou a preparação, o ideal é que se comece pelo o edital do concurso MPU de março de 2013, que deverá trazer poucas alterações no deste ano.

Foram registrados quase 300 mil inscritos, sendo a maior parte para técnico. A tradição de nomeação tida em diversas órgãos públicos, também se repete no MPU.

Ainda em vigor, mais de 4 mil candidatos já foram convocados. Destaque para Brasília, sede do órgão, para onde foram destinados mais de 900 aprovados somente para técnico. Vale destacar que o edital oferecia apenas 41 vagas.

Outros locais com número atraente são o Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul.

NOMEAÇÕES 7º CONCURSO MPU

ESTADOSTÉCNICO
ADMINISTRAÇÃO
ANALISTA
DIREITO
CONVOCADOSVAGAS
DO
EDITAL
CONVOCADOSVAGAS
DO
EDITAL
Acre261101
Alagoas221121
Amapá241141
Amazonas911551
Bahia1101601
Ceará41151
Distrito Federal1.1554170010
Espírito Santo271181
Goiás395251
Maranhão501251
Mato Grosso852501
Mato Grosso do Sul691261
Minas Gerais1085521
Pará1159751
Paraíba242221
Paraná965852
Pernambuco431321
Piauí191281
Rio de Janeiro1712712
Rio Grande do Norte111101
Rio Grande do Sul18561131
Rondônia621281
Roraima291151
Santa Catarina912481
São Paulo352131471
Sergipe101111
Tocantins322261
TOTAL (incluindo pcd)3.0501091.77338

 

O QUE É O MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO?

Ministério Público é fruto do desenvolvimento do estado brasileiro e da democracia.

A sua história é marcada por dois grandes processos que culminaram na formalização do Parquet como instituição e na ampliação de sua área de atuação.

No período colonial , o Brasil foi orientado pelo direito lusitano.

Não havia o Ministério Público como instituição. Mas as Ordenações Manuelinas de 1521 e as Ordenações Filipinas de 1603 já faziam menção aos promotores de justiça, atribuindo a eles o papel de fiscalizar a lei e de promover a acusação criminal.

Existiam ainda o cargo de procurador dos feitos da Coroa (defensor da Coroa) e o de procurador da Fazenda (defensor do fisco).

QUAIS SÃO OS ÓRGÃOS QUE COMPÕEM O MPU?

composicao mpu - Concurso MPU 2018: Cespe divulga Resultado Provisório da verificação de cotistas

QUAL É A FUNÇÃO DO MPU?

Em 1985, a lei 7.347 de Ação Civil Pública ampliou consideravelmente a área de atuação do Parquet , ao atribuir a função de defesa dos interesses difusos e coletivos.

Antes da ação civil pública, o Ministério Público desempenhava basicamente funções na área criminal. Na área cível, o Ministério tinha apenas uma atuação interveniente, como fiscal da lei em ações individuais.

Com o advento da ação civil pública, o órgão passa a ser agente tutelador dos interesses difusos e coletivos.


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!