5 Estratégias para concursos que você precisa conhecer

O uso de boas estratégias para concursos é uma excelente forma de conseguir ser aprovado mais rapidamente.

Quando bem escolhidas e empregadas algumas dessas estratégias conseguem melhorar assustadoramente o rendimento do estudo. O que leva o concurseiro, ainda que seja iniciante, a uma nota alta e por tabela a ter mais chances de aprovação.

E o que é melhor, uma aprovação mais rápida, algo que todo concurseiro deseja não é mesmo?

Pensando nisso, reunimos neste conteúdo 5 das melhores estratégias para concursos públicos. Conheça agora cada uma delas e teste elas na prática para melhorar os seus resultados nos próximos certames.

1 – Estudar antes mesmo do edital

Muitas vezes, adotar o simples é tudo que se precisa para ter uma diferença monstruosa nos seus resultados em concursos.

Praticamente todo concurseiro tem uma área de concurso, setor da esfera pública, onde ele realmente quer passar e ser contratado. Estamos falando dos concurseiros que desejam entrar especificamente em vagas para tribunais, bancos, polícias, etc…

No entanto, mesmo sabendo exatamente em qual concurso querem ser aprovados, muitos concurseiros só começam a estudar após a publicação do edital. Pois muitos acham um desperdício de tempo e esforço estudar antes de sair o edital, afinal ele pode demorar para ser publicado.

A primeiras das estratégias para concursos é a de justamente quebrar essa ideia e sair na frente da concorrência. Ou seja, o concurseiro deve começar a estudar antes de sair o edital para o concurso em que está de olho.

Ele deve começar o estudo com os temas básicos, presentes em qualquer concurso. E depois partir para os estudos de temas específicos que geralmente caem na prova do concurso que ele deseja passar.

Junto ao uso de boas técnicas de estudo a estratégia de estudar antes do edital pode deixar você muito a frente num concurso.

2 – Crie um bom método de estudos para você

A segunda das nossas estratégias para concursos é a de criar um método de estudos próprio.

A criação do método envolve em grande parte a elaboração de um plano de estudos efetivo. Ou seja, é preciso que o estudante crie um plano que organize seus estudos de uma forma eficiente para ele. E que permita a ele garantir que estudou todos, ou praticamente todos, os conteúdos do edital antes da prova.

Para isso, o estudante deve levar em conta o volume de assuntos e matérias a estudar. Bem como os exercícios, simulados e revisões que deve fazer.

Além da organização das matérias que vai estudar é importante que o concursando tenha um bom local e horário para estudar. O lugar deve ser calmo e organizado, pois qualquer bagunça no ambiente pode influenciar os estudos negativamente.

Junto a tudo isso, a criação do método de estudo ainda pode ser complementada com o uso de técnicas e ferramentas para concursos.

3 – Estude provas anteriores

Qualquer concursando no mundo adoraria saber o que vai cair na prova que vai fazer. Afinal, desse modo a nota máxima, e consequente aprovação, estariam praticamente garantidas não é mesmo?

Porém isso é algo impossível por formas legais, apenas comprando um  gabarito antes da prova para saber todas as questões. O que é um crime e que pode gerar consequências para o estudante.

No entanto, existe uma forma de ter uma boa noção do que vai vir na prova do concurso de modo totalmente legítimo. E essa é a nossa terceira das estratégias para concursos de hoje.

Praticamente toda área de concursos já teve provas para uma mesma vaga. E muitas vezes essa prova foi feita pela mesma banca avaliadora.

Com base nisso, um estudante que já está focado em um concurso específico pode acessar e estudar as provas anteriores.

4 – Se aprofunde o máximo no edital do concurso

A quarta das estratégias para concursos é a de estudar a fundo o edital da prova assim que ele sair.

Muitos estudantes simplesmente focam no estudo das matérias, mas quase não dão a atenção devida ao edital. O que é um erro grande, pois o edital é o documento onde estão todas as informações importantes para a prova.

Número de vagas, cotas de reserva, período de inscrição, lotações, conteúdos básicos e específicos, etc.

Tudo o que o estudante precisa saber para orientar seus estudos e preparação para o concurso está no edital. Ele é a principal estrutura, a espinha dorsal de apoio para ajudar o estudante a ser aprovado.

5 – Simule o Dia D do seu concurso

Para finalizar, a última das nossas estratégias para concursos de hoje é simular o dia da prova.

Com base no estudo de provas anteriores o concursando consegue medir o nível de dificuldade do concurso. Bem como desenvolver melhor seus conhecimentos e aprendizado nos pontos onde ele tem mais dificuldade.

E como que um concursando pode descobrir os pontos onde ele tem mais ou menos dificuldades no concurso? Simulando o Dia D que é a data da prova do concurso.

Para fazer isso ele só precisa de edições da prova anteriores e conhecer o tempo total para a realização da prova. Esse tempo de prova o concurseiro pode saber ao ler o edital com atenção.

Depois, tudo o que o estudante precisa é conseguir um local calmo e que possa fazer a prova sozinho durante o tempo de duração do concurso. Então, o estudante deve realizar a prova e resolver as questões exatamente como se estivesse fazendo a prova do concurso.

Por fim, ele deve checar o gabarito e ver quais questões acertou. Mas mais importante que isso, com a simulação ele pode avaliar os assuntos em que foi melhor ou pior. E a partir daí, ele pode organizar seu tempo de estudo para focar mais nos temas que têm mais dificuldade.

Gostou desse conteúdo e quer aprender mais estratégias para concursos?

Então assine a nossa lista vip e receba na sua caixa de entrada conteúdos exclusivos sobre concursos.


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!