Concurso SEDF: Ibaneis autoriza nomeação de 821 professores

A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta sexta-feira (06/03)

Na manhã desta sexta-feira (26), o governador Ibaneis Rocha atendeu cerca de 50 professores concursados, que protestavam em frente ao Palácio do Buriti. A comissão pediu ao chefe do Executivo local a posse imediata, já que foram impedidos de ingressar no serviço público em função da pandemia do novo Coronavírus. Como resposta: receberam a garantia de uma resolução do impasse até a próxima quarta-feira (1º).

A cerimônia de posse deveria ter ocorrido em 30 de março, mas, devido à suspensão de aulas e cancelamento de eventos em função da pandemia do novo coronavírus, tudo acabou suspenso, o que gerou um pedido de desculpas do governador.

Vou pedir pra vocês, três a quatro dias para que a gente instrua o processo e, semana que vem, no mais tardar na quarta-feira, todos vocês estarão empossados”, afirmou Ibaneis. Ele lembrou que apesar da nomeação dos aprovados em março passado, com a suspensão das aulas e a interrupção dos serviços da perícia médica, o governo ficou sem muitas alternativas.

Naquele momento foi necessário suspender a posse. Mas, agora, já temos uma ideia de quando é que nós vamos voltar às aulas. O secretário Leandro (educação) já está fazendo um cronograma”, adiantou.

Segundo a Secretaria de Educação, os novos servidores vão atuar no retorno das aulas mediadas na rede pública. Na próxima semana, a pasta deve editar uma norma que assegure a validade dos exames admissionais já entregues.

O governo pode ainda, nos próximos dias, revogar o Decreto nº 40.572, de 28 de março de 2020, que impediu a posse e o exercício de candidatos aprovados em concursos públicos no Distrito Federal.

Outra medida que o GDF estuda é uma alternativa para atender àqueles aprovados que ainda não passaram pela perícia médica oficial. Isto porque os serviços estão suspensos de forma presencial em obediência a decisão judicial.

Com informações agenciabrasilia.df.gov.br

Concurso SEDF 2016

O concurso SEDF 2016 que ofereceu 2,9 mil vagas para os cargos de Professor de Educação Básica (nível superior), Analista de Gestão Educacional (nível superior), Técnico de Gestão Educacional (nível médio) e Monitor (nível médio), registrou um total de 152.111 candidatos inscritos. O certame foi realizado pelo cespe/cebraspe.

O cargo mais procurado foi o de monitor de gestão educacional, com 49.469 candidatos. Em segundo lugar, ficou o de técnico de gestão educacional – especialidade apoio administrativo, com 39.981 inscritos, seguido pelo de professor de educação básica – área de atuação atividades 29.270 inscritos.

Concurso SEDF: Ibaneis autoriza nomeação de 821 professores
Concurso SEDF: Ibaneis autoriza nomeação de 821 professores

Clique aqui para baixar o edital do Concurso SEDF 2016.

Remuneração Concurso SEDF 2016

  • Professor de Educação Básica (40 horas): R$ 5.016,53
  • Professor de Educação Básica (20 horas) – R$ 2.508,26
  • Analista de Gestão Educacional (40 horas) – R$ 4.076,99
  • Técnico de Gestão Educacional (40 horas) – R$ 2.692,55
  • Monitor de Gestão Educacional (30 horas) – R$ 2.019,41

Quer estudar para o Concurso SEDF 2020?

Agora está cada vez mais próxima a realização de um novo concurso para SEDF 2020. Que tal começar se preparar agora mesmo? Então, confira o curso que o Pedagogia para Concurso está disponibilizando e comece a estudar hoje mesmo para o concurso da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal 2020:

CURSO CONCURSO SEDF

Fique por dentro de todos os concursos

CONCURSOS ABERTOS

CONCURSOS 2020


Comentários


CONCURSOS 2020: clique aqui e confira as oportunidades para este ano!
CONCURSOS ABERTOS: veja aqui os editais publicados e garanta a sua vaga!
CONCURSOS DF 2020: principais concursos previstos para o DF em 2020!