CESPE/CEBRASPE CONVOCA PARA PROVAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

Cespe/Cebraspe divulgou o edital de convocação para aplicação das  provas objetivas e a prova discursiva do concurso público do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (Concurso TRE-TO 2017) para os cargos de Analista e Técnico Judiciário.

As provas objetivas, a prova discursiva, a verificação da condição declarada para concorrer às vagas reservadas aos candidatos negros e a perícia médica dos candidatos que se declararam com deficiência serão realizadas na cidade de Palmas/TO.




Veja o edital de convocação das provas:

APLICAÇÃO DAS PROVAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível superior terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas no dia 3 de dezembro de 2017, às 8 horas (horário local).

As provas objetivas e a prova discursiva para os cargos de nível médio terão a duração de 4 horas e 30 minutos e serão aplicadas no dia 3 de dezembro de 2017, às 15 horas (horário local).

O candidato deverá, obrigatoriamente, acessar o endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/tre_to_17, a partir do dia 28 de novembro de 2017, para verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual, devendo, para tanto, informar os dados solicitados.

O candidato somente poderá realizar as provas no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico citado acima.

GABARITOS DAS PROVAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas serão divulgados na data provável de 5 de dezembro de 2017.

PROVAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

A prova objetiva de conhecimentos gerias (P1) será composta de 20 questões e valerá 10,00 pontos.

A prova objetiva de conhecimentos específicos (P2) será composta de 40 questões e valerá 10,00 pontos.

As questões das provas objetivas serão do tipo múltipla escolha, com cinco opções (A, B, C, D e E).

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DAS PROVAS OBJETIVAS DO CONCURSO TRE-TO 2017

A nota em cada questão da prova objetiva de conhecimentos gerais (P1), feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 0,50 ponto caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo; 0,00, caso a resposta esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo; 0,00, caso não haja marcação ou haja mais de uma marcação.

A nota em cada questão da prova objetiva de conhecimentos específicos (P2), feita com base nas marcações da folha de respostas, será igual a: 0,25 ponto caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo; 0,00, caso a resposta esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo; 0,00, caso não haja marcação ou haja mais de uma marcação.

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

  • obtiver nota inferior a 5,00 pontos na prova de conhecimentos gerais (P1);
  • obtiver nota inferior a 5,00 pontos na prova de conhecimentos específicos (P2).




PROVA DISCURSIVA DO CONCURSO TRE-TO 2017

A prova discursiva (P3) valerá 10,00 pontos e consistirá da redação de texto dissertativo, de até 30 linhas.

O prazo de validade do concurso esgotar-se-á após dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Comentários